Páginas

sábado, 11 de maio de 2013

Que bem que se está no campo!

Vim para o campo este fim de semana. Por aqui, com o sol, tudo está lindo, cheio de papoilas e daquelas flores roxas e amarelas que pintam as nossas paisagens e que, por pura ignorância, não sei como se chamam.
 
Muito silêncio... bom, o silêncio dos pássaros e das abelhas, e do vento nas trapadeiras da minha mãe. Um certo perfume romântico a rosas, que a minha mãe tem em quantidade, e estão lindas e grandes. Descanso bem merecido, que trabalhei como uma moura para não trazer nada para estes dois dias. Comida grelhada, com grandes saladas. Bom sono.
 
Melhor ainda, tempo para escrever, tenho até esperança de terminar a primeira revisão do A Chama ao Vento, e poder regressar ao início, porque a primeira parte ainda não me satisfaz.
 
E tempo para ler. Chegou Revolução Paraíso, li as primeiras páginas e gosto do tom. Vamos a ele.
 
Desejem-me bom fim de semana, por isso, que este até é capaz de sê-lo.

1 comentário:

Olinda P. Gil © disse...

As roxas são soagem... N sei quais são as amarelas q estás a falar