Páginas

sábado, 28 de julho de 2012

Feira do Livro de Cascais

Passei ontem na FEIRA DO LIVRO DE CASCAIS e, meu Deus, que desilusão! Há uns aninhos que já lá não ia e, embora o espaço nunca tenha permitido grandes coisas, tenho ideia de ver por lá as bancas mais relevantes.

Desta vez, foi uma tristeza. Uns três alfarrabistas, uma banca de BD, nem meia dúzia a representar as editoras grandes do mercado. Das pequenas, duas? Nah! Acho que não. Ou não se dá por elas.

Mesmo assim, parei na Saída de Emergência, a primeira para quem vem do Santini com o belo do gelado na mão. A propósito, quem é que ainda não conhece estes gelados? Saia do sofá e vá comer um! Era a mais respeitável em termos de dimensão e variedade, e havia uma banquinha para aqueles livrinhos com um pequeno defeito. Trouxe, por 5 euros cada:

Lisboa Triunfante, do David Soares. Um achado, para uma segunda volta com o autor, desta vez num romance. Os contos não me convenceram.







A Villa, da Nora Roberts. Nunca li nada dela, nunca fiz questão, mas pelo preço, faço a experiência. 




Resta-me pô-los na pilha dos que tenho para ler, e ver quando me dá a vontade para cada um.

3 comentários:

Joel-Gomes disse...

Se o "Lisboa Triunfante" agradar, sugiro a leitura de "A Conspiração dos Antepassados". São histórias bastante distintas, mas que estão ligadas através de uma cena. Num livro essa cena é escrita pelo ponto de vista de Aquilino Ribeiro, no outro pelo de Fernando Pessoa.

Liliana Lavado disse...

Nunca leste nada da Nora Roberts? :) Deves ser a única mulher em Portugal que pode dizer isso :)
Tive a oportunidade de ler este e acho que fizeste bem em comprá-lo, tem tudo o que a escritora é reconhecida por fazer, mistério, drama familiar e romance.
Se não gostares deste, não vale a pena leres mais nenhum… :P

Carla M. Soares disse...

Pois é, nunca li. Nem li Nicholas Sparks e, até há pouco, também nunca tinha lido Jill Mansell, que já experimentei, mas não fiquei adepta. Este verão leio um da Roberts e prometi a mim própria que também li qualquer coisa do Sparks, para não morrer ignorante. :D