Páginas

sábado, 28 de dezembro de 2013

Worst of, para não sair da corrente...

Já que é altura de balanços e isto sempre é um blogue essencialmente sobre palavras (e o que mais me apetecer), comecemos pelo pior, para terminarmos com o melhor. Mais tarde, um post só para balanço do ano... Hum... não sei. Vamos ver se quero mesmo fazê-lo.

Houve dois livros que não acabei  de ler este ano, por não ter paciência para tanto disparate. Não hão de ser nada consensuais este worst of, muitas meninas vão achar que estou doida, mas homens das cavernas e exploração despropositada de situações dramáticas... pleeeaase. No primeiro, só falta bater no peito e arrastar a rapariga pelos cabelos. Do segundo, só me lembro que, mesmo meio morto, o homem era capaz de uma ereção. Nunca fui homem, mas creio que se estivesse tão ferida que mal me mexia, essa era aúltima coisa de que me lembraria.


Íntimo e Perigoso

Também fiquei desapontada, por já ter gostado muito de outros livros desta série da autora de romance paranormal, com:

15738852

Há ainda uma série de livros que nem coloquei no GR, por achar que, sendo fracos, ou apenas curtos e com impressão de incompletos, não merecia a pena, mas também já não me recordo dos nomes.

1 comentário:

Cata disse...

Eu gostei dos dois primeiros ^_^ O último não li