Páginas

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Guilty pleasures #3

Shelly Laurenston (aka G A Aiken)
Esta autora tem pelo menos duas séries relacionadas, The Magnus Pack e Pride Stories, com changelings do melhor que há, humanos-lobo, humanos-cão selvagem, humanos-urso, humanos-leão, humanos-tigre, humanos-urso pardo, humanos-urso polar e humanos-hiena (estes e alguns humanos têm sido os 'maus da fita'), e vários híbridos, que como humanos são normalíssimos, se assim se pode dizer, mas se transformam em criaturas muito curiosas, assim para o misturaditas.


Porque é que eu gosto disto?
Porque as histórias estão bem escritas e são movimentadas e bem dispostas. Porque alguns diálogos e situações são hilariantes. Porque as mulheres são ferozes e muito determinadas, os homens são... eles próprios. A violência é... violenta. O sexo é hot e por vezes um pouco disparatado.

E porque todos exibem, enquanto humanos, características próprias da espécie, os cães selvagens são pequenos e magros, os ursos enormes, os tigres são... uau.  E imagine-se um tipo  que gasta rios de dinheiro em condicionador para a juba... perdão, o cabelo, um outro que, mesmo na forma humana, sonha com salmão e mel e brinca com os dedos dos pés, o meu 'urso' favorito de todos os tempos (diga-se de passagem) com uma paciência de Job, desde que não o irritem. 

Como G A Aiken, tem The Dragon Kin series, também com changelings, obviamente dragões, num ambiente de Idade Média.
Mantém duas características das outras séries: as mulheres não são para brincar, e temos direito a umas gargalhadas (ou pelo menos um sorriso de viés) pelo meio.

1 comentário:

navirj disse...

Hehehe, alguns livros nos dão prazer, mas não sem alguma culpa. Mas quer saber? Nossa mente tem espaço pra tudo, desde livros maravilhosamente bem escritos até distrações despretensiosas. Gostei da tag Guilty Pleasures.
Beijo, Nadia
http://navirj.blogspot.com.br/